Guia

O que é OTT? Um guia completo para OTT

Anúncios OTT, também conhecidos como anúncios de TV via streaming, são os anúncios inseridos para os espectadores nesse conteúdo de vídeo. O anúncios de OTT, ou de TV via streaming, oferecem uma oportunidade para os anunciantes alcançarem novos públicos-alvo em grande escala à medida que mais espectadores se voltam para o streaming de conteúdo de vídeo em vez da tradicional TV a cabo e aberta.

Comece a usar a Amazon Ads para exibir seus produtos e criar campanhas.

Inscreva-se

Se você quiser suporte e orientação adicionais, fale conosco para solicitar serviços gerenciados pelo Amazon Ads. Aplicam-se valores mínimos de orçamento.

Contato

Se já maratonou um programa na Freevee, transmitiu um evento ao vivo na Twitch ou assistiu ao seu aplicativo de transmissão de rede favorito na Fire TV, você já experimentou conteúdo de vídeo over-the-top (OTT). O OTT, às vezes também chamado de TV via streaming, representa qualquer conteúdo que é inserido diretamente para os espectadores por meio de um serviço de streaming de vídeo pela Internet, contornando o decodificador de TV a cabo tradicional e, geralmente, exibido em uma TV.

Anúncios OTT, também conhecidos como anúncios de TV via streaming, são os anúncios inseridos para os espectadores nesse conteúdo de vídeo. O anúncios de OTT, ou de TV via streaming, oferecem uma oportunidade para os anunciantes alcançarem novos públicos-alvo em grande escala à medida que mais espectadores se voltam para o streaming de conteúdo de vídeo em vez da tradicional TV a cabo e aberta. Nesta postagem, forneceremos uma visão geral da publicidade OTT, definiremos termos comuns e compartilharemos como os anúncios de TV via streaming e os anúncios de vídeo online da Amazon ajudam as marcas a propagar suas mensagens em grande escala.

Significado e definições de OTT

Como mencionado, OTT, ou TV via streaming, refere-se a qualquer tipo de conteúdo de mídia de streaming inserido pela Internet. Isso inclui serviços de streaming baseados em assinatura onde os consumidores podem acessar conteúdo sob demanda sem ter que passar por um provedor de satélite ou cabo tradicional. Os espectadores podem assistir ao conteúdo OTT em uma variedade de dispositivos, como telefones celulares, consoles de jogos e tablets, mas a maior parte das visualizações é feita em TVs conectadas (CTV).

OTT

O que significa cortar os cabos?

O corte do cabo, que ocorre quando as famílias cancelam sua assinatura de TV a cabo ou via satélite, tem levado mais consumidores a transmitir vídeo pela TV conectada. Esperava-se que mais de seis milhões de domicílios cortassem o cabo em 2020, elevando o número total de famílias com o cabo cancelado para 31,2 milhões. Estima-se que esse número cresça para um total de 46,6 milhões de domicílios até 2024, ou mais de um terço de todos os domicílios dos EUA.1Isso apresenta uma enorme oportunidade para as marcas incorporarem publicidade de TV via streaming em suas estratégias de mídia.

Além daqueles que cancelam o cabo, há também aqueles que reduzem seu uso, minimizando seus planos de TV paga, mas que ainda usam serviços de streaming. E, em seguida, há um número crescente de pessoas aversas ao cabo, que nunca pagaram por assinaturas de TV ou canais premium.

Veja alguns dos principais termos que os anunciantes devem saber para TV via streaming.

O que é TV via streaming?

TV via streaming se refere à distribuição de conteúdo televisionado pela Internet aos dispositivos do usuário para visualização sob demanda. O Amazon Prime Video é um exemplo de TV via streaming em que os usuários podem acessar uma variedade de filmes, programas de TV e conteúdo original diretamente pela internet, sem a necessidade de assinaturas tradicionais de TV a cabo ou satélite.

TV avançada

TV avançada é um termo abrangente que se refere ao streaming de conteúdo que vai além de modelos lineares de inserção da televisão para outros dispositivos e aplicativos. Muitos desses serviços são comunicados por meio de siglas como OTT, CTV, TVE, OLV, VOD, SVOD, TVOD, AVOD e PVOD. Vamos analisar o que essas siglas significam e como elas funcionam.

CTV

TV conectada (CTV)

A TV conectada, ou CTV, é um dispositivo que pode ser conectado a uma TV ou Smart TV e ser usado para fornecer conteúdo de streaming de vídeo. Esse é um serviço extremamente popular, com 224 milhões de pessoas usando CTVs apenas nos EUA.2 CTVs incluem consoles de jogos, TVs inteligentes ou um reprodutor de mídia digital. Essencialmente, a CTV é o dispositivo que permite que você se conecte à Internet para acessar o conteúdo de vídeo.

TVE

TV em todos os lugares (TVE)

A TV em todos os lugares (TVE) permite que os consumidores acessem o conteúdo de entretenimento que desejam pela Internet onde quer que estejam. Para isso, basta usar credenciais de login do serviço baseado em assinatura de sua preferência. Às vezes chamado de streaming autenticado ou vídeo autenticado sob demanda (VOD), a TVE rompe os limites da TV tradicional para que os espectadores possam transmitir seu conteúdo favorito em casa, no ônibus ou na praia, em qualquer lugar que haja uma conexão com a Internet.

OLV

Anúncios de vídeo online (OLV)

Os anúncios em vídeo online (OLV) são exibidos antes, durante e depois do conteúdo de vídeo em sites. Os anúncios OLV aparecem nos formatos in-stream e out-stream, em navegadores e aplicativos, em dispositivos como computadores, celulares e tablets. Os anúncios OLV também podem ser incorporados em artigos online ou por meio de anúncios de banner que aparecem em formatos, como vídeo in-feed, vídeo in-article ou in-read, vídeo in-banner e vídeo intersticial.

VOD

Vídeo sob demanda (VOD)

O vídeo sob demanda (VOD) é o conteúdo de vídeo que pode ser acessado pelos consumidores quando eles quiserem. Existem quatro tipos principais de VOD: vídeo por assinatura sob demanda (SVOD), vídeo transacional sob demanda (TVOD), vídeo baseado em anúncios sob demanda (AVOD) e vídeo premium sob demanda (PVOD). As diferenças entre os quatro são detalhadas aqui.

SVOD

O vídeo por assinatura sob demanda (SVOD) é o conteúdo que pode ser acessado pelos consumidores que se inscreveram para a assinatura de um serviço específico, permitindo visualizações ilimitadas por uma taxa fixa por mês. Um exemplo disso é o Amazon Prime Video.

TVOD

O conteúdo de vídeo transacional sob demanda (TVOD) é comprado por meio de um modelo pay-per-view. Os espectadores podem comprar o conteúdo para visualização repetida ou alugá-lo para um uso único. A Store do Amazon Prime Video é um exemplo de um serviço TVOD.

AVOD

O vídeo sob demanda baseado em anúncios (AVOD) não exige uma assinatura ou taxa transacional já que o conteúdo é suportado por anúncios. Um exemplo de um serviço AVOD é a Freevee. Os espectadores têm adicionando o AVOD às opções de streaming para obter mais variedade. De janeiro a março de 2020, 50% dos adultos nos EUA de 18 a 44 anos se inscreveram em um serviço AVOD; 47% planejavam adicionar outro nos 12 meses seguintes.3

PVOD

O vídeo premium on demand (PVOD) é um conceito mais recente em que estúdios de cinema e outros fornecedores oferecem conteúdo de vídeo premium, como acesso à estreia de um filme, a um preço de venda mais alto. Esse tipo de conteúdo tornou-se mais comum nos anos recentes, quando alguns estúdios lançaram filmes diretamente nos serviços de streaming enquanto muitos cinemas estavam fechados.

OTT vs. VOD vs. CTV

Essas siglas são facilmente confundidas, pois são todas muito semelhantes. OTT está relacionado à forma como o conteúdo é veiculado (que é na internet), enquanto o VOD está relacionado à forma como o conteúdo é acessado pelos consumidores, seja por meio de uma única compra, assinatura de um serviço ou assistindo a um anúncio. CTV é o uso de quem utiliza o dispositivo para acessar o conteúdo.

Tendências do setor OTT

O setor OTT continua a crescer, com o SVOD sendo o tipo mais popular de vídeo sob demanda.4 Além disso, o cancelamento dos serviços de cabo tem acelerado em todas as faixas etárias.

Tendências de OTT


Dos lares que descrevem seu relacionamento com a TV a cabo como “cortadores de cabo” em vez de “assinantes de cabo”, 74% têm idades entre 18 e 34 anos, 64% têm idades entre 35 e 54 anos e 56% têm mais de 55 anos.5

Por que os profissionais de marketing devem adicionar publicidade de TV via streaming ao seu mix de mídia?

O cenário do entretenimento está indo além do cabo e está mudando rapidamente. Simplificando, mais pessoas estão assistindo mais conteúdo em mais lugares do que nunca. Por exemplo, 90% do público-alvo de TV via streaming suportado por anúncios da Amazon assiste quase duas horas de conteúdo de streaming de TV todos os dias.6Mais tempo do que gastamos comendo, bebendo ou nos exercitando todos os dias. A publicidade de TV via streaming não é apenas um lugar para alcançar públicos-alvo. Ela tem se tornado cada vez mais o lugar para transformar momentos cotidianos em conexões duradouras com os clientes, tornando-a uma adição importante ao mix de mídia de uma marca.

Anúncio de OTT vs. Anúncio de vídeo

Anúncios OTT vs. publicidade de vídeo OTT

Os anúncios OTT são inseridos pela internet em dispositivos de streaming. A publicidade de vídeo é o termo generalista para designar toda a publicidade relacionada a vídeo, que inclui OTT, OLV e muito mais. Os dois tipos de publicidade ajudam as marcas a alcançar os públicos-alvo mais relevantes ao longo da jornada do cliente, aproveitando sinais de streaming e de compras.

TV via streaming

Onde aparecem os anúncios de TV via streaming?

Os anúncios de TV via streaming podem ser apresentados em vários tipos de inventário diferentes e inseridos programaticamente. Dependendo do público-alvo que uma marca está tentando alcançar, eles podem apresentar os anúncios em qualquer lugar: de serviços de streaming gratuitos, como a Freevee, em aplicativos de emissoras de TV, como o Discovery, durante eventos esportivos online, como o Thursday Night Football, ou no aplicativo Notícias na Fire TV.

Melhores práticas de publicidade de TV via streaming

Campanhas de publicidade de TV via streaming eficazes aproveitam os insights de público-alvo e os segmentos do público-alvo. Por exemplo, a Amazon Ads permite que as marcas engajem públicos-alvo com base em bilhões de insights internos, que demonstraram ajudar as marcas a alcançar um aumento de 44% na consideração em comparação com o uso isolado de atributos demográficos.7

Campanhas bem-sucedidas também se mantêm fiéis à mensagem e ao tom da marca, aparecendo ao lado de conteúdo relevante, seja programas de TV e filmes de sucesso, notícias selecionadas ou esportes online. Além disso, anúncios de TV via streaming com uma chamada para ação (CTA) clara, como visitar um site, podem ser úteis, pois os espectadores podem ter um dispositivo por perto enquanto transmitem conteúdo para realizar uma CTA, se forem obrigados a fazê-lo.

Medição da publicidade de TV via streaming

A medição é um elemento essencial de qualquer campanha publicitária digital e a publicidade de TV via streaming não é diferente. É importante que os anunciantes saibam com quais públicos-alvo estão se conectando e como diferentes produtos de anúncios, como áudio ou display, complementam e amplificam um investimento em TV via streaming. Em comparação com a TV via streaming, a medição linear de anúncios de TV normalmente depende da atribuição ou da análise da TV por provedores e agências de cabo ou satélite. Amedição de TV via streaming é mais abrangente e os anunciantes podem aproveitar os insights de público-alvo para entender os públicos-alvo que suas campanhas alcançam. O alcance da marca, o brand lift e o aumento das transações offline são algumas métricas úteis para medir campanhas.

Exemplos de publicidade em TV via streaming

Blog

A publicidade de TV via streaming pode ser um conceito relativamente novo para alguns, mas marcas estabelecidas têm usado essa modalidade para refinar suas estratégias de marketing e alcançar públicos-alvo de novas maneiras. A The Hershey Company é um exemplo de uma marca clássica que ampliou o alcance da sua estratégia de campanha de TV linear comprovada ao longo do tempo com os anúncios de TV via streaming da Amazon durante marcos sazonais críticos. Leia mais sobre como a The Hershey Company aproveitou os anúncios de TV via streaming da Amazon.


Com os [anúncios de TV via streaming] da Amazon, conseguimos [alcançar] um público-alvo extra que está fora do nosso alcance apenas com a televisão linear.

- Charlie Chappell, diretor de planejamento integrado de mídia e comunicações, The Hershey Company

Estudo de caso

Uma empresa de corretagem online bem conhecida estava interessada em aumentar o reconhecimento, a percepção e a intenção de compra da marca para a nova geração de clientes. Saiba mais sobre como a combinação de anúncios de áudio e anúncios de TV via streaming da Amazon geraram resultados para a marca.

Homem em uma cadeira

Estudo de caso

A Quest Nutrition sempre teve uma base profunda e leal de seguidores. No entanto, eles queriam criar novos fãs. A TV via streaming tem sido parte integrante do impulsionamento do reconhecimento da marca e aumento do público-alvo da Quest Nutrition. Veja como eles utilizaram anúncios de TV via streaming da Amazon para gerar resultados.

Quest

Conclusão

O cenário da TV via streaming está evoluindo, além de estar repleto de possibilidades e oportunidades. Estamos entusiasmados em ajudar você a trabalhar com mais inteligência, e não mais duro, para expandir seu alcance e criar interações impactantes e relevantes com os clientes. Tudo que fazemos na Amazon Ads tem como objetivo criar melhores experiências para o cliente e gerar um valor extraordinário para as marcas. Assim, sua campanha de anúncios de vídeo OTT pode ser exibida para o público-alvo certo no momento certo, criando conexões mais impactantes e duradouras. Saiba mais sobre como aproveitar a publicidade de TV via streaming da Amazon em sua estratégia de campanha digital.

Se você quiser suporte e orientação adicionais, fale conosco para solicitar serviços gerenciados pelo Amazon Ads. Aplicam-se valores mínimos de orçamento.

1 eMarketer, setembro de 2020
2 Data & Insights: Striking Gold with CRV Measurement (janeiro de 2020)
3 IAS Research Streaming Wars (março de 2020)
4 Kearney, OTT Streaming in the Limelight
5 Dados internos da Amazon, setembro de 2020, global.
6 Dados internos da Amazon e GfK Simmons, 2020
7 Dados internos da Amazon, 2020
8 Relatório encomendado à Nielsen Media Impact e dados internos da Amazon, 2021
9 Dados internos da Amazon, setembro de 2020, global.

Soluções recomendadas

Anúncios de TV via streaming

Os anúncios de TV via streaming podem ajudar você a compartilhar a mensagem da sua marca com públicos-alvo exclusivos e relevantes.

Anúncios de vídeo online

Os anúncios de vídeo online aparecem em sites afiliados à Amazon, incluindo IMDb.com e Twitch, bem como nos principais publishers terceirizados.

Anúncios no Prime Video

Esteja onde todo o mundo está assistindo. Expanda seu alcance com anúncios de TV via streaming que aparecem em programas e filmes premiados no Prime Video.