O que você pode aprender com a abordagem da CommerceIQ à API de parceiros de vendas da Amazon

Logotipo da CommerceIQ

4 de janeiro de 2022

Karthik Kolappan, diretor sênior de engenharia da CommerceIQ

Karthik Kolappan, diretor sênior de engenharia da CommerceIQ

A CommerceIQ é líder em gerenciamento de decisões de comércio eletrônico, que é a prática de usar machine learning, análises e automações para otimizar o desempenho do canal online em toda a cadeia de fornecimento, marketing e operações de vendas. Sua plataforma SaaS (software como serviço) de automação e machine learning é usada pelas marcas para fornecer suporte no momento da compra ao responder automaticamente, em tempo real, às variáveis em constante mudança de centenas de produtos. Conversamos com Karthik Kolappan, diretor sênior de engenharia da CommerceIQ, para discutir como a abordagem da CommerceIQ ao uso da API de parceiros de vendas ajuda seus clientes a impulsionar a receita e o crescimento dos negócios.

Qual é a história da CommerceIQ?

Nosso fundador e CEO, Guru Hariharan, passou muitos anos na Amazon, onde criou sistemas e serviços de software que sustentam a Store da Amazon. Guru estava convencido de que aplicar software e automação era o único caminho a seguir para todos os varejistas, então ele fundou a Boomerang Commerce, uma empresa que se concentrava em precificação dinâmica para varejistas tradicionais que desejavam aumentar sua presença digital. Em junho de 2019, a empresa começou a ajudar as marcas a ter sucesso no varejo online por meio de machine learning e automação, e fez o rebranding da marca da empresa para CommerceIQ. Embora a princípio a CommerceIQ tenha se concentrado no canal da Amazon nos Estados Unidos, expandimos nossa presença na Amazon internacionalmente, de modo a incluir Canadá, Reino Unido, Alemanha, França e Índia, além de expandirmos nossos recursos de publicidade para oferecer suporte a outros sites de varejo.

Em 2021, a Amazon lançou novas APIs que disponibilizam dados de varejo, análise de marca e catálogo para fornecedores. Como esses novos recursos permitiram que vocês atendessem melhor seus clientes?

Nossos clientes são marcas de consumo da Fortune 500 que vendem para a Amazon como fornecedores. Nossos clientes normalmente têm a tarefa de aumentar suas vendas na Amazon ano após ano e, portanto, desejam entender todos os fatores que afetam as vendas gerais. Com a nova API de parceiros de vendas da Amazon, agora é possível fazer download de dados de vendas, conteúdo e pedidos de compra, entre outras informações tradicionalmente encontradas no Vendor Central. A CommerceIQ desenvolveu processos sofisticados de ETL (extração, transformação, carregamento) para normalizar e armazenar esses dados em nossa plataforma, o que torna mais fácil para nossos clientes entenderem quais alavancas estão impulsionando as vendas. Criamos um conjunto de algoritmos de machine learning para identificar exceções e tendências anômalas e aprofundar a análise de causa-raiz para que possamos ajudar nossos clientes a desenvolver soluções de longo prazo. Graças à API de parceiros de vendas, nossos clientes agora têm todas as informações na ponta dos dedos, bem como melhores insights sobre as alavancas que estão levando a mais vendas incrementais, lucros mais elevados e mais share of voice na Store da Amazon.

Como sua organização usa as informações e os recursos oferecidos pela API de parceiros de vendas para embasar o planejamento e a execução de mídia?

Aproveitamos o relatório de frequência de termos de pesquisa para identificar produtos em alta na Amazon. Ao usarmos as informações da Amazon diretamente, podemos identificar termos de pesquisa que têm crescido rapidamente em volume. Assim, podemos lançar novas campanhas publicitárias segmentadas por essas palavras-chave. Nossos clientes também usam as informações para orientar a inovação e o lançamento de produtos com base no que os consumidores estão procurando. Se, por exemplo, os consumidores de repente estiverem comprando um novo sabor ou um novo formato de um determinado tipo de produto, podemos destacar essas palavras-chave populares no painel Market Insights da CommerceIQ. Nossos clientes, por sua vez, usarão essas informações para priorizar e adaptar os gastos com anúncios. Também desenvolvemos automações para alinhar promoções de anúncios patrocinados a ASINs que tenham estoque favorável. Podemos promover produtos alternativos quando um ASIN estiver com baixo estoque e retomaremos a publicidade desse ASIN assim que os níveis de estoque voltarem ao normal. Essas automações são executadas constantemente para nossos clientes, o que garante que cada dólar gasto inclua um ASIN em estoque na Amazon.

Como vocês usam a API de parceiros de vendas e a API da Amazon Ads em conjunto para apoiar a estratégia de varejo e publicidade?

As marcas sempre quiseram unificar as métricas de vendas e publicidade da Amazon, mas a extração manual de informações do Vendor Central costumava ser um desafio nesse sentido. Agora que a API de parceiros de vendas está disponível, podemos fazer a gestão interna das informações de vendas e publicidade por meio da API da Amazon Ads. Isso nos permite conectar as informações para criar um data lake em comum. A combinação dessas informações e de nossos algoritmos proprietários permite que nossos clientes executem estratégias de publicidade que acompanham verdadeiramente as tendências de varejo. Por exemplo, nossos algoritmos podem pausar automaticamente o investimento em ASINs com poucas semanas de cobertura ou baixa lucratividade e mover os gastos com publicidade para diferentes táticas e/ou ASINs que gerarão vendas incrementais. Tudo é monitorado 24 horas por dia, 7 dias por semana, e as automações acontecem a qualquer hora do dia para maximizar cada dólar gasto.

Quais são as três dicas que você recomenda para marcas que desejam maximizar as métricas disponíveis por meio da API de parceiros de vendas de modo a melhorar sua presença na Amazon?

  1. Conteúdo: O conteúdo é um grande impulsionador de conversão, e as marcas gastam muito tempo e energia para desenvolver sua estratégia de conteúdo na Amazon. Mas não basta configurar e esquecer o upload de conteúdo; é preciso haver uma maneira consistente de monitorar o conteúdo para garantir que ele não seja alterado. Ao usar uma combinação de APIs de itens de catálogo e itens de oferta, as marcas podem monitorar o conteúdo nas páginas de detalhes do produto e serem alertadas se quaisquer alterações não autorizadas forem feitas por vendedores terceiros. Garantir que o conteúdo esteja em ótimo estado é um fator de conversão fundamental ao anunciar um produto: 5 postos descritivos, 6 imagens, 1 a 2 vídeos, conteúdo A+ e mais de 100 caracteres no título.
  2. Termos de pesquisa: Com o relatório de termos de pesquisa de análise de marca da API de parceiros de vendas, as marcas podem detectar termos de pesquisa com classificação de frequência aprimorada, o que as ajuda a entender as mudanças nas preferências dos consumidores e nos comportamentos de compra. Entender melhor os termos de pesquisa mais populares pode garantir que as marcas atualizem o conteúdo adequadamente e façam lances em palavras-chave relevantes para manterem seu potencial de descoberta e permanecerem em destaque para novos compradores que pesquisam a categoria. A análise de termos de pesquisa em alta também pode ser usada por nossos clientes para planejar inovações ou lançamentos de novos produtos com base no que os consumidores procuram.
  3. Disponibilidade e previsão: Com a disponibilidade de informações de previsão por meio do relatório de previsão de demanda do fornecedor da API de parceiros de vendas, as marcas podem monitorar a previsão da Amazon e as semanas de cobertura diariamente/semanalmente e estarem preparadas para enviar produtos assim que as ordens de compra forem emitidas. Ter uma alta taxa de atendimento de pedidos garante uma disponibilidade consistente na Store da Amazon, o que é um dos maiores impulsionadores do desempenho de vendas. Embora tenhamos criado automações para desativar automaticamente os gastos com publicidade em ASINs com estoque baixo, preferimos que nossos clientes mantenham um determinado nível de inventário na Amazon para maximizar o desempenho de suas campanhas de anúncios patrocinados. Além disso, a API de parceiros de vendas dá às nossas marcas mais visibilidade sobre as previsões.

Saiba mais sobre as vantagens que aAPI de parceiros de vendas pode trazer para as marcas.